segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Fui na festa da democracia só para comer e esqueci o presente

Foto: Globoesporte.com
José, @zenascimento

Gosto muito quando a rodada do Brasileirão vem acompanhada de algum evento especial. Sou bom (?) comentando coisas que já existem, não exatamente criando situações ou contando histórias – ainda que, pelo que pude apurar, alguns de vocês tenham achado aquele texto das badaladas mágicas o melhor (?) já escrito por mim aqui pro Bos. Enfim, rodada boa é rodada que pode ser nomeada como TELE-SENA. Isto posto, vamos ao que de melhor aconteceu no DEMOCRATÃO 2012.


A 28ª fecha do campeonato foi toda disforme e esquisita, praticamente um retrato restaurado da democracia brasileira. Na quinta, Flamengo e Bahia (0-0) anteciparam o alto índice de abstenções visto no domingo e se abstiveram de fazer gols. Os institutos de pesquisa afirmam que as intenções de voto... digo, de gol foram altas para os dois times, o que não se comprovou no pleito, no entanto. Em Curitiba, o cabo eleitoral Deivid fez um ‘golinho’ e ajudou o Coritiba a se afastar do segundo turno... quer dizer, da segunda divisão. A vitória sobre a Ponte Preta (1-0), combinada com a derrota acachapante do Sport para a Portuguesa (5-1), no Canindé, aumentou a distância do Coxa (16º) pro Leão da Ilha (17º) de dois para cinco pontos.

No sábado, Partido Colorado (Internacional) obteve importante resultado numa zona eleitoral futebolística em que normalmente é derrotado: foi à Vila Belmiro e empatou (1-1) com o Santos de Neymar – que não jogou porque estava com a candidatura impugnada em razão de atos ilícitos cometidos na partida contra o Grêmio. Com isso, os vermelhos do sul lideram a disputa do TIME QUE MAIS EMPATA NO CAMPEONATO. E a tendência é de crescimento. O Corinthians, por sua vez, está na disputa apenas para dar ritmo ao partido, ou melhor, ao time. Mais ou menos como aquele vereador que se candidata a deputado só pra ver até onde pode ir, pra testar o número de votos que alcança, etc. Não ganha a eleição, mas fica na vitrine. Só que nessa rodada o ZizaoTeam não foi feliz e perdeu pro Náutico (2-1), nos Aflitos.

Os líderes das pesquisas – do quinto ao primeiro colocado, porém, todos venceram. O São Paulo continua firme na disputa por uma vaga na Câmara de Coperos y Peleadores (Libertadores). Não deu bola para os recentes resultados divulgados pelo Instituto DATAKLEINA™ e sapecou 3-0 no Palmeiras, que agora está sem margem de erro para mais (muito menos ‘para menos’). Já são seis pontos atrás do Coxa, e, caso a coordenação da campanha palestrina não reapareça logo, a boca-de-urna aponta grandes chances do partido Palestra ir disputar eleição de síndico ano que vem. 

Já a coligação CRUZ-DE-MALTA PELO SEGUNDO LUGAR foi salva nas últimas urnas nos últimos minutos, e venceu o MENOS VOTADO do campeonato, Atlético-GO, fora de casa (0-1). Em Porto Alegre, CELSO ROTHMANO até conseguiu permanecer na frente na primeira metade da campanha, mas acabou sendo ele mesmo no segundo turno tempo e o Grêmio virou pra cima do Cruzeiro (2-1). (Pausa para gargalhada do Portes, que não se conteve ao editar este texto) Destaque pra Marcelo “Monero”, que deu uma de Lula – apareceu no meio do jogo pra mostrar COMO É QUE SE FAZ pra ganhar uma partida.

Os jogos de Fluminense e Atlético-MG foram como as eleições de Porto Alegre: todo mundo sabia quem ia vencer, só restava esperar pra ver de quanto. O vice-líder Galo enfiou uma sacolada no vice-lanterna Figueirense (6-0) e ganhou fôlego (será?) pra reta final do campeonato, especialmente porque R49 resolveu reaparecer (mas contra o Figueira lomba abaixo até eu, né?!). Já o Fluminense segue firme e forte na ponta da tabela. Venceu o clássico contra o Botafogo (1-0) com outro gol de Fred, que deveria comemorar fazendo aquele “V da vitória” com os dedos. Tirem esses 14 gols deles e vejam onde estaria o tricolor das Laranjeiras nas pesquisas. Se os cariocas derem alguma vacilada, e os mineiros, não, talvez haja alguma emoção no debate entre eles ali na 32ª rodada. Do contrário, será confirmada a tendência apontada pelo Instituto Vox José Populi no texto aquele do/da Legião Urbana. Margem de erro para Galo mais ou tricolor gaúcho menos.

Troféu NO 1º TURNO DE LAVADA: Banco de reservas do Grêmio. Marcantônio deu passe pro boliviano lindo marcar o primeiro, Leandro participou e Marquinhos fez o segundo gol no jogo de Porto Alegre.

Troféu SE ALÇOU TODINHO E NEM FOI PRO 2º TURNO: Ah, sei lá, curti essa rodada. Vocês não?!



Nenhum comentário: